Equipe Umbler
Equipe Umbler

Freelancer: como escolher o profissional ideal para minha agência?

Muitas agências, na hora de crescer, não sabem se vale mais a pena contratar um freelancer ou expandir o time.

Cada opção dessas oferece diferentes benefícios, assim como desvantagens para as empresas.

Se você se encontra nessa situação e não sabe o que fazer, estamos aqui para ajudá-lo!

No post de hoje vamos falar sobre os principais benefícios de contratar um freelancer, e ainda daremos dicas exclusivas para você escolher o profissional ideal para sua agência. Continue lendo e confira!

Contratar um freelancer ou expandir o time?

A primeira coisa que você precisa entender sobre a contratação de um freelancer é que esse profissional passou a ser legal dentro da Reforma Trabalhista.

Ele deve ser contratado legalmente dentro o que é chamado de regime intermitente, que representa que ele só receberá de acordo com as horas trabalhadas ou, ainda, pelo serviço prestado.

Por ser aceito pela Lei Trabalhista, há todos os encargos de um profissional normal, desde 13º salário, INSS e férias, mas tudo de acordo com a carga horária.

Dessa forma, a principal diferença entre ter um colaborador para trabalhar em tempo integral e um intermitente está em como será feito o pagamento do serviço, ou seja, enquanto um é pago pelas suas diárias e cumpre semanalmente um horário, o outro só trabalhará quando você, como gestor, enviar alguma tarefa para ele.

Como benefício de admitir um freelancer, podemos frisar a possibilidade de contar com um profissional especializado na tarefa.

Se você trabalha com redes sociais e blog, por exemplo, poderá ter duas pessoas diferentes, cada uma especializada em um serviço.

Além disso, você pode enviar trabalho para ele apenas quando a sua equipe não conseguir acompanhar a demanda, sem a necessidade de pagar pelas horas não trabalhadas.

Assim, a principal razão de optar pela contratação de um profissional intermitente está na possibilidade de contratar especialistas de diferentes áreas, assim como na diminuição de custos para escalar a agência, quando comparado com um colaborador em tempo integral.

Vale ressaltar que existem muitas agências que não seguem corretamente as Leis Trabalhistas, o que pode gerar futuros problemas.

Caso você opte por ter apenas um contrato, não deixe de consultar um advogado para verificar a sua validade.

Como escolher um freelancer?

Para escolher um bom freelancer, alguns pontos devem ser considerados. Confira os principais!

Tenha clareza sobre o serviço que você procura

O benefício de encontrar uma enorme variedade de profissionais e serviços pode se tornar uma desvantagem se você não souber exatamente o que procura.

Há tantos profissionais qualificados em áreas tão diversas em si, que é possível ficar completamente perdido e sem saber qual é o melhor para sua empresa.

Por isso, é importante ter clareza sobre o serviço que sua agência precisa.

Em geral, separamos os freelancers de marketing em quatro áreas:

  • redação: ideal para blog posts e e-mail marketing,
  • mídias sociais: responsável pelos posts para redes sociais,
  • desenvolvimento: foca na criação de sites seguindo as técnicas de SEO,
  • design: criação de imagens para redes sociais, identidade visual e design do site.

Vale ressaltar que, apesar de parecerem similares, essas áreas são completamente diferentes e exigem qualificações específicas.

Alguém especializado em mídias sociais, por exemplo, não saberá as técnicas de SEO e, portanto, não é indicado para blog posts.

Vale ainda ressaltar que você encontrará muitas pessoas que atuam em diferentes áreas. É comum encontrarmos especialistas tanto em redação quanto em mídias sociais.

Além das áreas, é preciso considerar o nível do profissional. Em geral, divide-se em três categorias:

  • júnior: recém-graduado com pouca experiência na área,
  • pleno: pode possuir especializações e atuam entre 6 a 9 anos na área,
  • sênior: já atuaram como líderes de equipe e, normalmente, já contam com mais de 10 anos de experiência.

Deve-se manter em mente que quanto mais alto for o nível, maior será o valor.

Mas isso não quer dizer que se deve sempre procurar por um júnior! Um profissional que não tem experiência na área pode levar horas para fazer o que um pleno, por exemplo, faria em alguns minutos.

Não pense apenas no preço da hora, mas sim na produtividade dela!

Uma boa ideia para driblar isso pode ser contratar júniors e pagar por serviço, ao invés de hora.

A partir da definição das áreas e dos níveis profissionais, ficará mais fácil encontrar o freelancer ideal para a sua agência!

Analise o histórico profissional e portfólio

Não basta apenas saber a área e o nível dos profissionais, é preciso buscar o seu histórico e portfólio.

Uma boa dica que podemos dar é buscar quem já tem experiência na área que você deseja.

Se você precisa fazer blog posts para um portal médico, por exemplo, é importante encontrar alguém que tenha experiência na área.

Apesar de existirem muitos redatores que trabalham em múltiplas áreas e têm um bom desempenho em todas elas, há aqueles que são especializados apenas em um segmento.

Não é indicado colocar quem só escreve sobre logística, por exemplo, para criar textos para médicos!

Isso pode causar uma série de retrabalhos e, pior ainda, sujar sua imagem com o cliente.

Por isso, busque conhecer todo o histórico profissional e peça trabalhos antigos que tenham relação com a área desejada.

Se não tiver nenhum cliente ou área em específico em mente, basta analisar o que foi enviado. Sobre a redação, por exemplo, deve-se ficar atento para pontuações, a gramática e o conteúdo do que foi produzido.

Caso o histórico e o portfólio agradem, vá para o próximo passo. Caso não, continue procurando até encontrar o que deseja.

Faça um teste

Por mais que o conteúdo criado pelo profissional seja maravilhoso, não é recomendado contratar alguém sem ter uma experiência de como é trabalhar com a pessoa.

Por isso, recomendamos que seja feito um teste.

Entre em contato, fale que gostou do seu trabalho e pergunte se ele gostaria de fazer um teste para trabalhar com a sua equipe.

É importante ter em mente que, apesar de ser um teste, a pessoa estará trabalhando e, por isso, deverá ser valorizada e paga.

Envie um conteúdo pendente do seu calendário, questione o tempo para fazer, quando será entregue e como serão feitas as possíveis refações.

Caso você esteja em dúvida entre dois freelancers, por exemplo, pode propor o teste para analisar qual tem maior fit com a sua empresa.

Avalie sua performance

A performance de um freelancer vai muito além do que ele criou, seja um design, um site, posts para redes sociais ou para blogs.

Você deve analisar qual é o comportamento dele ao receber feedback, se cumpre prazos, se é organizado e até mesmo se o jeito dele combina com a sua agência.

É importante sempre ter em mente que é comum, principalmente ao fazer testes com pessoas sem muita experiência, que o profissional fique nervoso e fale uma coisa ou outra sem muito sentido.

Saiba relevar isso e busque encontrar o futuro profissional dentro dele. Lembre-se que você também começou em algum lugar e, provavelmente, cometeu erros.

Tome uma decisão

A partir de todos os pontos levantados acima, você deverá tomar uma decisão de quem contratar.

Como falado anteriormente, é preciso ter em mente que não é necessário admitir uma pessoa para suprir todas as necessidades da agência.

Se você encontrar um freelancer que é ótimo em redes sociais e outro em blog posts, por exemplo, pode ficar os dois.

Além disso, é possível estabelecer um prazo teste sem precisar cumprir as regras da CLT para ver como será o alinhamento entre vocês e, caso não dê certo, basta encontrar outro profissional.

Onde posso encontrar freelancers?

Atualmente, os freelancers estão cada vez mais populares e, por isso, existem muitas ferramentas que disponibilizam essa conexão entre eles e a agência.

Normalmente, essas ferramentas cobram uma pequena taxa sobre o serviço e, ao invés de exigir todas as etapas acima para escolher o ideal, você deve verificar o perfil da pessoa.

Por todo o processo ocorrer por meio de um intermediador, também é eliminada a necessidade de contratos ou ainda do cumprimento da Lei Trabalhista.

As mais conhecidas e utilizadas são:

99Freelas

O 99Freelas é um dos maiores sites para contratação de freelancers. Lá, você encontrará diversos profissionais, como:

  • redatores,
  • fotógrafos,
  • programadores e desenvolvedores,
  • social media,
  • especialistas em SEO.

Ele funciona de duas maneiras, você pode publicar um projeto e esperar que os profissionais se candidatem ou encontrar em contato diretamente com os cadastrados na ferramenta.

Após encontrar a pessoa ideal, vocês conversam na própria ferramenta e acertam os detalhes do pagamento. O 99Freelas cobra uma taxa de 10% por cada transação.

Workana

O Workana é o primeiro site que muitos profissionais pensam ao falar de contratação de freelancer nas áreas de:

  • desenvolvedores,
  • tradutores,
  • designers,
  • redatores,
  • social media,
  • assessoria em diversas áreas, como financeira e jurídica.

O seu funcionamento é similar ao 99Freelas, permitindo tanto o anúncio de projetos quanto explorar a ferramenta para encontrar um profissional.

A sua taxa varia entre 10% a 15%, dependendo do projeto realizado.

Como desvantagem de utilizar as ferramentas está o fato de não haver, necessariamente, uma continuidade no serviço com certo profissional e, claro, a necessidade de pagamento da taxa.

A melhor maneira de solucionar isso é buscar um freelancer, seguindo os nossos passos acima, por meio de outros canais, como o LinkedIn.

Essa rede social, que conecta diversos profissionais à empresas, é um ótimo local para encontrar colaboradores.

Faça um bom cadastro, detalhe informações sobre sua empresa e vá em busca!

Agora que você já sabe mais sobre como escolher o freelancer ideal para sua empresa, que tal continuar a leitura e aprender como montar uma agência de marketing digital full service com operação remota?

Equipe Umbler
Equipe Umbler

Crie sua conta e ganhe 7 dias grátis para testar os sites e e-mails!

Cadastre-se na Umbler sem compromisso ;)