Equipe Umbler
Equipe Umbler

Guia para criação de personas: confira nossas dicas!

O guia para criação de personas tem como objetivo facilitar esse processo que é tão importante para toda agência que trabalha com marketing digital.

Por meio de personas, você consegue traçar estratégias com mais assertividade, uma vez que estará nos canais certos e tratará de assuntos que são relevantes para o seu público.

O nosso manual foi separado em passos simples para que você possa aplicar sem maiores dificuldades.

Vale ressaltar que esse método pode ser utilizado tanto para sua própria agência quanto para os seus clientes, oferecendo a criação de personas como um serviço complementar.

Continue lendo e confira as dicas que separamos para você!

Guia para criação de personas

Para montar sua persona de forma assertiva, você deve:

Selecionar as perguntas

O primeiro passo é selecionar as perguntas que serão feitas para o público.

Nós recomendamos que elas sejam separados em etapas para facilitar a identificação de padrões e até mesmo a coleta de dados.

Separe as categorias que são relevantes para você ou para o seu cliente. Em geral, elas envolvem as áreas: demográfica, hábitos de compra, profissional ou pessoal e consumo de conteúdo.

As demográficas normalmente são:

  • Qual é o seu gênero?
  • Quantos anos você tem?
  • Qual a sua escolaridade?
  • Em que cidade mora?

Na categoria hábitos de compras, pode ser perguntado:

  • Você tem alguma marca preferida?
  • Costuma comprar de alguma marca específica?
  • Como escolhe quais produtos comprar?
  • Você segue ou interage com alguma marca nas redes sociais?
  • Onde costuma fazer suas compras?

A categoria profissional visa saber mais sobre a ocupação da sua persona:

  • Você trabalha em que área?
  • Como é a sua rotina?
  • Quais são os desafios mais comuns do seu trabalho?
  • Qual é a sua média salarial?

Já o consumo de conteúdo visa identificar quais são os melhores canais para alcançar o seu público, assim como quem o influencia:

  • Quais são as redes sociais que você mais utiliza?
  • Você se informa de que maneira?
  • Gosta de ler que tipo de conteúdo?
  • Quais assuntos você acompanha?
  • Você acompanha algum famoso?
  • Segue alguém que influencia nas suas decisões de compra?

É importante frisar que nem sempre todas essas perguntas precisam ser feitas. Selecione as que você considera mais relevantes para a sua agência.

Definir o método de coletar os dados

O próximo passo no guia de criação de personas é definir qual será o método utilizado para a coleta de dados.

Geralmente, ele pode ser feito de três maneiras: entrevistas pessoais com clientes, telefonemas ou formulário online, uma dica é utilizar o Google Forms.

Você pode escolher uma maneira apenas ou as três. Dependerá diretamente do tipo de contato que a empresa tem com os seus clientes antigos e atuais.

Caso você opte por formulário online, é importante que ele seja visualmente atrativo e não muito longo.

Uma boa dica é criar um bom e-mail e configurar uma ferramenta para que a mesma mensagem seja enviada de forma automática para qualquer pessoa que realizar uma nova compra.

Além disso, é interessante você contextualizar para o cliente o que você está fazendo e por qual motivo está perguntando todas essas questões. Ele se sentirá melhor em responder sabendo onde os seus dados serão utilizados.

Incentivar as respostas

A parte mais desafiante desse guia para criação de personas é alcançar um bom número de respostas.

Infelizmente, grande parte dos atuais ou antigos clientes não irá responder, uma vez que não estão ganhando nada com isso.

A melhor maneira de contornar esse problema é através de incentivos. Ofereça um desconto na próxima compra, um brinde ou faça um sorteio em que todos que responderem irão participar automaticamente.

Assim, você conseguirá mais respostas e estará pronto para o próximo passo do guia para criação de personas.

Identificar padrões nas respostas

A identificação de padrões nas respostas é o último passo do guia de criação de personas.

Centralize todas as respostas que você obteve, principalmente se trabalhou com mais de um método de coleta de dados e comece a analisar.

Por analisar, queremos dizer para você identificar padrões entre eles. Pode parecer uma tarefa impossível de ser feita, mas você perceberá muitas semelhanças entre as pessoas entrevistadas.

A partir de análise de cerca de 20 perfis, você já é possível identificar padrões e começar a montar as personas.

É importante ressaltar que algumas coisas serão levemente diferentes, como a idade e o salário, por exemplo. Uma boa forma de driblar isso é tirando uma média ou criando perfis mais genéricos.

Ao invés de colocar que a persona tem 25 anos, coloque que é um jovem adulto. Assim, você conseguirá um perfil mais assertivo, sem desconsiderar dados importantes.

Outra dica interessante é criar um nome genérico para suas personas. Isso irá facilitar na hora de discutir estratégias com a sua equipe.

Você poderá se referir àquela persona, juntamente com seu time, pelo nome. Imagine, por exemplo, que estão discutindo uma estratégia de redes sociais. Fica muito mais fácil entender o que a “Ana” gosta do que a “Persona 2”.

Lembre-se que nem todas as empresas atendem apenas uma persona, por isso, é comum que sejam identificados alguns diferentes perfis nesse processo.

Com esses passos simples do nosso guia para criação de personas você conseguirá traçar estratégias mais assertivas e aumentar os seus resultados.

Continue sua leitura e saiba como aumentar a produtividade da agência de marketing digital sem aumentar a equipe!

Equipe Umbler
Equipe Umbler

Crie sua conta e ganhe 7 dias grátis para testar os sites e e-mails!

Cadastre-se na Umbler sem compromisso ;)