Equipe Umbler
Equipe Umbler

Mapa mental: um novo jeito de usar que, provavelmente, você não conhece!

O mapa mental é um diagrama utilizado em diversas áreas, desde escolares até profissionais, para centralizar e organizar as informações disponíveis.

Ele foi criado por Tony Buzan, um professor universitário que notou que as anotações lineares, ou seja, as feitas de forma textual corrida, tinham muitas limitações para a representar o conhecimento.

Desde a criação desse modelo, Buzan escreve livros que mostram como os mapas mentais podem ser utilizados de diversas formas e conseguem otimizar o poder do aprendizado das pessoas, independentemente da sua área de atuação.

No marketing digital, por sua vez, esse diagrama pode ser utilizado de diversas maneiras. Continue lendo e saiba como sua agência pode utilizar esse modelo para otimizar seus processos e aumentar os resultados!

Como ele pode ser utilizado pela agência?

Confira como sua agência pode se beneficiar do mapa mental e como aplicá-lo nos seus processos internos!

Criar buyer personas

Criar buyer personas pode ser bastante trabalhoso para a agência, principalmente se ela não conta com um processo interno bem estruturado.

O mapa mental pode ser utilizado justamente para isso, para facilitar a criação e a reprodução das etapas.

No nosso guia para criação de personas listamos quais devem ser os passos seguidos para uma montagem assertiva, são eles:

  • selecionar as perguntas,
  • definir o método de coleta de dados,
  • incentivar as respostas,
  • identificar padrões nas respostas.

Esse diagrama pode ser utilizado em todas as etapas acima, mas, principalmente, na seleção de perguntas e na identificação de padrões.

A seleção de perguntas, normalmente, é feita por meio de temas centrais, como demográficas, de hábito de consumo de compras e de conteúdo, e profissional da pessoa entrevistada.

O mapa mental pode, então, auxiliar a selecionar quais são as perguntas mais relevantes e centralizar todas que serão feitas.

Assim, ficará mais fácil identificar se há algum ponto que deve ser tratado que não está inserido, assim como constatar perguntas repetitivas ou excessivas.

Já para a identificação de padrões, os mapas mentais podem ser utilizados para centralizar as informações em comum que foram observadas e para descrever a persona, o que pode ser feito, novamente, através de categorias ou apenas listar as informações recebidas.

Você conseguirá fazer os processos de maneira muito mais rápida e organizada, assim como os seus colaboradores.

Organizar desenvolvimento de sites

Outro grande desafio nas tarefas de uma agência está no desenvolvimento de sites, afinal, é preciso ter muito cuidado para nada ficar faltando.

Por isso, é muito comum encontrarmos empresas que estruturam o seu processo por meio de mapas mentais.

O interessante que é que o mapa pode ser feito de diversas formas e reforçar quais são os processos que a agência não pode esquecer de efetuar, o que, infelizmente, às vezes acontece.

Uma boa dica que podemos dar é criar um processo bem detalhado, sem deixar nada de fora, organizá-lo em um mapa e compartilhar com todos os colaboradores que estão envolvidos no desenvolvimento do site.

Planejar serviços prestados

Essa dica é mais para agências que ainda estão começando a se estruturar: utilize mapas mentais para planejar todos os serviços que serão oferecidos.

É possível detalhar as etapas do atendimento e de venda e compartilhar com os colaboradores.

Além disso, uma dica de ouro é utilizar esse tipo de diagrama para o planejamento de como o serviço será prestado.

Vamos supor que você trabalhe com redes sociais, é possível criar um modelo mostrando todos os detalhes que serão seguidos, como: receber o briefing, elaborar os textos, encontrar as melhores hashtags, revisar o conteúdo, enviar para o cliente, receber feedback e, se necessário, fazer as devidas correções.

Nós elaboramos um modelo para você se inspirar e adequar para a realidade da sua agência:

O mesmo pode ser feito para marketing de conteúdo, otimização de SEO e qualquer outro serviço oferecido pela agência.

Como criar um mapa mental?

A criação desse diagrama pode ser feita de duas maneiras: manualmente ou através de ferramentas.

Caso você opte por fazer manualmente, é interessante utilizar canetinhas coloridas e ter uma régua por perto para auxiliar no desenho.

Já as ferramentas permitem que o mapa mental seja criado de forma muito mais rápida e, geralmente, esteticamente mais agradável, sem linhas tortas ou desalinhamentos.

É importante ressaltar que existem muitas ferramentas disponíveis e você deve conhecê-las antes de escolher uma definitiva.

É realmente uma questão de gosto e de se adaptar. A grande maioria é similar e oferece ótimos serviços.

A Coggle é um bom exemplo e oferece a possibilidade de criar até 3 mapas mentais de forma gratuita, tudo isso diretamente do navegador.

A Mindmeister é uma das ferramentas mais conhecidas e oferece planos gratuitos, pessoais e profissionais.

E também podemos citar o Canva, que normalmente é mais utilizado para produzir imagens para as redes sociais, mas que oferece modelos prontos de mapas mentais e os recursos necessários para elaborar um.

Além dessas ferramentas, é possível utilizar os programas do próprio Office, tanto o Word quanto o Power Point. Será um pouco mais complicado para fazer a ligação e o alinhamento dos quadros, mas é uma boa possibilidade gratuita.

Agora que você já sabe como utilizar mapa mental para a sua agência, que tal continuar a leitura e conhecer 5 técnicas de gestão de tempo e produtividade?

Equipe Umbler
Equipe Umbler

Crie sua conta e ganhe 7 dias grátis para testar os sites e e-mails!

Cadastre-se na Umbler sem compromisso ;)