Vinicius Pereira
Vinicius Pereira, Redator na Umbler Umbler

Umblercast: Voe alto com WordPress

Segundo dados do W3Techs, WordPress é utilizado por 27,9% de todos os sites da web. Quando o assunto é CMS, essa cota de mercado cresce para 58,9%.

Se você precisasse elencar as principais qualidades do WordPress, quais seriam elas?

  1. A sua imensa quantidade de temas e plugins?
  2. A grande facilidade de uso?
  3. A variedade de sites que você pode construir?
  4. A ativa comunidade de desenvolvedores?
  5. A grande facilidade de uso?
  6. Todas as alternativas anteriores?

Se você deseja começar a desenvolver projetos em WordPress, mas não sabe que tipo de projetos pode criar, ou ainda tem receio quanto a segurança da plataforma, veio ao lugar certo! Vamos mostrar toda a versatilidade da ferramenta e desmistificar alguns dos principais mitos que cercam a plataforma mais popular da web.

Que projetos posso desenvolver com WordPress?

Começamos desmistificando a frase “WordPress é só para blogs”. Quem trabalha com ele sabe que existe uma ampla gama de aplicações que podem ser desenvolvidos com o CMS mais popular do mundo. Para ajudar a remover esse rótulo, vamos mostrar alguns casos de aplicação que comprovam que o WordPress não é somente uma ferramenta para blogs. Você pode, por exemplo:

Construir apps nativos com WordPress

Você sabia que pode construir aplicativos mobile com WordPress? Você tem uma revista online e quer que seus artigos estejam disponíveis também no aplicativo? Toda vez que fizer alguma alteração no site elas sejam replicadas na sua aplicação sem qualquer trabalho extra? Se você já tem um site WordPress, por que não usar o CMS como plataforma para seus aplicativos?

Se está pensando que o custo e a complexidade em construir seu app será grande, fique tranquilo, não é nenhum bicho de sete cabeças.

Plugins

Uma das grandes vantagens do WordPress é sua extensa quantidade de plugins, que permite fazer absolutamente qualquer coisa. Para converter seu site em um aplicativo móvel é possível aproveitar alguns plugins para realizar essa transição.

Algumas opções que você pode testar são:

Criando uma aplicação mobile com WP-API e React Native

Se você quer pôr a mão no código para criar uma aplicação mobile, a dica é usar a REST API do WordPress junto com o React Native, que permite criar aplicativos usando apenas JavaScript, a linguagem de programação do momento. Este tutorial do Delicious Brains, ensina como o plugin WP REST API usa o WordPress como fonte de dados para um aplicativo React Native.

Algumas vantagens de usar React Native são

  • Você pode criar aplicações móveis nativas para iOS e Android;
  • Se você tem conhecimentos de front-end pode desenvolver aplicações móveis usando apenas JavaScript;
  • Você consegue criar interfaces responsivas, e com tempo de carregamento mais rápido;
  • Oferece compatibilidade com plugins de terceiros, menos uso de memória e uma experiência mais leve e intuitiva.

Algumas vantagens de usar a WP-API são:

  • Facilita a integração do WordPress com sites, aplicações e aplicativos externos;
  • Permite que você recupere ou atualize dados do seu site enviando uma solicitação HTTP;
  • Permite que mesmo que se você não possua conhecimento em PHP trabalhe com WP usando sua linguagem de programação preferida.

Construir e-commerces com WordPress

Quem conhece o WordPress sabe que em menos de cinco minutos é possível colocar uma loja virtual no ar e sair vendendo seus produtos. Tudo isso graças ao WooCommerce, um plugin de WordPress que foi criado em 2012 e transforma o seu CMS em um e-commerce.

Apesar de ser muito jovem, comparado aos demais concorrentes, o WooCommerce já abocanha 28% da fatia de lojas virtuais do mercado. São mais de 24 milhões de downloads.

Por que ele já é tão popular? As vantagens são inúmeras, além de ser gratuito, possui uma vasta gama de extensões. Sem falar na sua simplicidade de uso e familiaridade com o WordPress.

As extensões são um show à parte, sendo possível personalizar sua loja com diversos plugins, que variam de gateways de pagamento, ferramentas de SEO, tarifação e tributação, plugins de cache e muito mais. Segurança também é um ponto forte do plugin, que disponibiliza constantes atualizações para evitar que potenciais falhas sejam exploradas.

Outra vantagem do WooCommerce é a sua flexibilidade, já que é possível vender produtos virtuais, físicos e até mesmo para download. Além disso, as suas soluções de pagamento oferecem a possibilidade de aceitar diversas formas de cobrança.

Desenvolvimento de temas e plugins

Outra grande possibilidade para desenvolvedores WordPress é se aventurar na criação de temas e plugins. Se você quer saber por onde começar, confira as dicas que preparamos para te ajudar a dar o pontapé inicial.

O primeiro passo é saber quais skills técnicas é preciso dominar para desenvolver sem medo de errar. Basicamente é preciso ter bom conhecimento em HTML, CSS e PHP para começar o desenvolvimento. Se você ainda não possui alguma delas, temos alguns cursos online que podem ajudar:

Existem algumas ferramentas que vão auxiliar muito na hora de desenvolver seus plugins e temas. Para temas a dica é usar o Underscores, que cria as bases para você desenvolver seus temas sem deixar nada passar. Se você deseja criar plugins tente usar o The WordPress Plugin Boilerplate, que é uma ferramenta que cria uma uma base padronizada, organizada, orientada a objetos para a construção de plugins para WordPress.

Desenvolver temas e plugins vai exigir muita dedicação, aprendizado e testes constantes. Uma boa forma de aprender é olhar para os plugins que já existem e tentar entender como eles funcionam. Você também vai precisar ser o melhor amigo da documentação do WordPress, pois lá vai encontrar diversas dicas que facilitarão seu trabalho.

Depois de conhecer as imensas possibilidades que o WordPress oferece você deve ter ficado com muita vontade de começar a desenvolver alguma aplicação, não é mesmo? Mas aí lembrou que já ouviu falar que WP não é muito seguro. Será mesmo?

WordPress é seguro mesmo

Se você pensa que não, talvez seja hora de rever seus conceitos. A maioria das falhas de segurança e ataques ao WP são resultado de ações que deixam de ser tomadas pelo usuário. O uso incorreto das senhas ou deixar de efetuar atualizações para versões mais recentes da ferramenta, por exemplo, são algumas das maiores brechas para ataques ao CMS.

Se você quer aproveitar todo o potencial da ferramenta sem se preocupar com ataques, siga estas dicas:

Mantenha seu WordPress atualizado

Procure sempre manter seu WordPress, temas e plugins atualizados. Uma versão desatualizada pode ser uma brecha para futuros ataques. A cada nova atualização disponibilizada pela plataforma diversas possíveis falhas de segurança são fechadas. Quem opta por não atualizar não pode reclamar da ferramenta caso sofra algum ataque.

Esteja atento aos plugins

Outra grande brecha que hackers utilizam para atacar sites é aproveitar possíveis falhas em plugins e temas. A dica aqui é ficar ligado na hora de instalar temas e plugins em seu WordPress e não sair instalando nada de sites estranhos. Plugins mal codificados são um prato cheio para ataques e isso não tem nada haver com a plataforma.

Cuide de suas senhas

Parece besteira ainda em 2017 estarmos falando sobre o uso correto de senhas. Mas acontece que ainda hoje é comum o uso de senhas fracas, como 12345, QWERT, ASDF e por aí vai e o uso do usuário “admin”. Gestão de senhas é coisa séria e como tal você precisa estar atento e investir na criação de senhas fortes.

Algumas dicas úteis na hora de criar suas senhas:

  • Escolha senhas com mais de 10 caracteres;
  • Não use senhas com dados pessoais;
  • Use caracteres especiais, como %, &;, $, e @;
  • Números são bem-vindos;
  • Alterne entre letras maiúsculas e minúsculas;
  • Utilize um gerador de senhas, como o KeePass, o F-Segure e o SplashID.

Foco na hospedagem

A plataforma WordPress é segura, e a sua hospedagem também é? Você investiu tempo e recursos para criar seu site e na hora de escolher a hospedagem de sites prefere a opção mais barata? Hospedagens grátis ou muito baratas em sua maioria não tomam as medidas de segurança necessárias para garantir a segurança do seu site e são alvos em potencial para hackers.

Backup, por favor!

Item indispensável em uma lista com dicas de segurança é fazer o backup do seu site e banco de dados regularmente. Se algo der errado é importante ter uma solução para corrigir rapidamente as coisas. Isso vale não só para ataques, mas também para aqueles casos em que você realiza alterações em sua aplicação e algo sai errado.

Não deixe nada passar

Segurança é coisa séria e deve ser encarada com seriedade. Para aumentar a segurança do seu site você pode experimentar utilizar um checklist. Indicamos que teste o WordPress Security Checklist, desenvolvido pelo Rafael Funchal, membro ativo da Comunidade WordPress do Brasil. Lá você vai encontrar diversas dicas de segurança para seu WordPress divididas em: wp-config, página de login, painel administrativo, tema, plugins, banco de dados e hospedagem.

Contribuindo com o futuro do WordPress

WordPress é uma ferramenta Open Source que é mantida pela sua ativa comunidade, é ela quem cria plugins, temas, atualiza versões e encontra bugs. Nossa dica final é faça parte da comunidade e ajude a melhorar o WordPress. Todo seu conhecimento será de grande ajuda para todos nós amantes e usuários da plataforma. Existem diversas maneiras de contribuir, seja na tradução e localização, na criação de soluções ou até mesmo na inspeção de vulnerabilidades da ferramenta.

Algumas comunidades WordPress que você pode interagir:

Curtiu as dicas e ferramentas que selecionamos para você? Se quiser contribuir com o post é só comentar aqui.

Aproveite e confira o último episódio do Umblercast.

Vinicius Pereira
Vinicius Pereira, Redator na Umbler Umbler
  • jose

    Parabens pelo Blog. Muito bom.